Girassol – Como cultivar e tratar os girassóis em casa


O girassol é uma flor cheia de significado e com vários usos, desde alimentares a medicinais. Neste artigo vamos contar-lhe como cultivar girassóis, como tratá-los em casa, e quais os seus principais usos. Confira!

Heliaanthus annuus, comumente designado de girassol, ou flor do sol, é uma planta oriunda da América do Norte e Central, da família das Asteráceas.

Elas podem ter uma altura que varia de 60 centímetro a 2 metros e meio e a sua raiz pode alcançar 4 a 5 metros de profundidade, por isso é preciso garantir que tem as melhores condições para plantar girassóis em casa.

Esta planta já é cultivada desde 3000 a. C, na época por tribos indígenas do Arizona e do Novo México. Chegou à Europa quando os espanhóis conquistaram o México, no século XVI, trazendo de lá esta flor magnífica.

Existem centenas de variedades em todo o mundo, mas todas elas lindas! De entre as mais conhecidas destacamos as sementes brancas, raiadas e pretas.

Vejamos agora quais são as condições ideias para cultivar o girassol!

Condições ideias para cultivar Girassol

como cultivar girassol
Por Juh, via Pinterest

Esta planta exige algumas condições ambientais para crescer e se desenvolver normalmente. E, sejamos sinceros, ninguém quer ter girassóis feios e durando pouco, não é mesmo?

Sendo assim, anote:

  • Solo – Dê preferência a terras que sejam profundas e frescas, de preferência argilo-arenosos. O solo deve ter também uma boa drenagem da água e devem ser ricas em matéria orgânica. O solo deverá apresentar ainda um pH de 6.2 a 7.
  • Clima – O girassol é proveniente da América do Norte e Central, por isso ele se desenvolve em climas tropical, subtropical, Equatorial e temperados.
  • Temperatura – O ideal é que garanta uma temperatura entre os 21 e os 25 ℃. Além disso, não deve estar exposta a temperaturas inferiores a 4 ℃, nem superiores a 40ºC.
  • Luminosidade – Esta planta, como o próprio nome indica, adora o sol. De fato, ela gira seguindo o sol, desde o nascer até se por. Chamamos a esse movimento de heliotropismo. Por isso, se quer girassóis lindos, garanta que eles estão expostos ao sol durante muito tempo.
  • Umidade – Esta é uma planta que gosta de locais úmidos.

Agora que já sabemos as condições ambientais dos girassóis, vamos saber como cultivá-los!

Como cultivar e tratar do Girassol

Por tuacasa.com.br, via Pinterest

Se quer plantar girassóis, então tem de saber que se trata de uma planta que esgota os terrenos. Além disso, pode acumular nitratos quando são plantados em excesso.

A fertilização da terra pode ser feita com adubo verde de colza, luzerna, favarola e azevém. Poderá ainda usar estrume de ovelha, coelho ou vaca.

O girassol precisa também de azoto de fósforo, potássio e boro, na proporção de 1:2:2.

Solo

O primeiro passo é preparar o solo para o cultivo do girassol. Precisa fazer uma lavoura funda no início do inverno, ou então no começo da primavera. A profundidade deve ser de 30 a 45 cm.

Poderá plantar diretamente no terreno, em covachos, ou então por semente, em vasos, depois transplantando para o terreno quando tiver entre 10 a 15 cm de altura.

Poderá cultivar o girassol antes de cultivar cevada, aveia ou trigo, pois deixa bastantes restos orgânicos, excelentes para húmus.

Rega

Deverá regar os seus girassóis na sementeira, e desde a inflorescência até à colheita, com 25-60l/m2, mas somente em períodos de seca.

Usos do girassol

Por blog.plantei.com.br, via Pinterest

Esta planta tem um elevadíssimo valor nutricional, com alto valor proteico e muitas vitaminas e minerais, como vitamina A, D, E, B1, B2, B3, Cálcio, Ferro e Fósforo.

Na alimentação, geralmente usamos o girassol em óleo, mas também podem ser consucmidas as pétalas e as sementes. 

Também é conhecido por seus usos medicinais, especialmente para problemas de estômago, cardíacos, mas também é usado como um estimulante mental e físico.

Se você gostou desse artigo, então não deixe de ler outros posts do site e deixe-nos o seu comentário! Esperamos por você!

4.9/5 - (45 votes)

0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *